Síndrome do Pânico – Livre-se dela!

Fonte da Imagem: http://lotusmed.com.br

 

A síndrome do pânico é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja motivo algum para isso, ou sinais de perigo iminente. Muitas vezes um ataque de pânico pode ser confundido com um ataque cardíaco.

Alguns fatores considerados de risco:

  • Situações de estresse extremo
  • Morte ou adoecimento de uma pessoa próxima
  • Mudanças radicais ocorridas na vida
  • Histórico de abuso sexual durante a infância
  • Ter passado por alguma experiência traumática.

As crises de pânico geralmente manifestam os seguintes sintomas:

  • Sensação de perigo iminente
  • Medo de perder o controle
  • Medo da morte ou de uma tragédia iminente
  • Sensação de estar fora da realidade
  • Dormência e formigamento nas mãos, nos pés ou no rosto
  • Palpitações, ritmo cardíaco acelerado e taquicardia
  • Sudorese
  • Tremores
  • Dificuldade para respirar
  • Ondas de calor
  • Náusea
  • Dores no peito e desconforto
  • Tontura
  • Desmaio
  • Sensação de estar com a garganta fechando

Uma complicação frequente é o medo do medo, ou seja, o medo de  ter outro ataque de pânico. A síndrome do pânico varia muito na sua intensidade e os sintomas podem ser  diferentes de pessoa para pessoa.

Se você tem qualquer sintoma típico de crises de pânico, procure ajuda especializada, os ataques são difíceis de controlar por conta própria.

O EMDR é uma abordagem terapêutica que trata de forma rápida os acometidos por essa enfermidade.

 

EMDR – sigla em inglês (Eyes Moviment Dessensitization and Reprocessing), que traduzindo significa Dessensibilização e Reprocessamento por Movimento dos Olhos. É uma abordagem de estimulação bilateral que trata as questões traumáticas de maneira fisiológica.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Como posso ajudar?
Como posso ajudar?